domingo, 2 de agosto de 2009

Letra R

Toda vez que digitava a maldita letra "R" no teclado de seu notebook lembrava dele, lembrava de dias inteiros felizes, de emoções fortes, de bilhetes ainda colados no mural, de músicas, de abraços, de todos aqueles detalhes-pequenininhos-e-bobos que já faziam parte do passado. Mas todas essas coisas juntas davam-lhe um nojo misturado com um ódio vermelho que nem ele próprio saberia explicar a quem perguntasse.

Um comentário:

rickricardo disse...

Ha-ha
Adorei o texto

fiquei contente por ter comentado no meu blog, vou adicionar o seu nos meus links tudo bem?

"um ódio vermelho que nem ele próprio saberia explicar a quem perguntasse" .... compreendo isso muito bem. Às vezes, meu ódio se confunde com saudade.